O que é uma fita de LED

Os LEDs são diodos emissores de luz, ou seja, são materiais semicondutores que conseguem transformar uma pequena quantidade de energia elétrica que passa por eles em luz. Só que a quantidade de luz emitida por um único LED não é suficiente para iluminar ambientes inteiros. Geralmente são utilizados para sinalizar áreas ou objetos, como aparelhos ligados. As fitas de LED no entanto, agrupam vários LEDs conectados para permitir a iluminação de ambientes ou espaços específicos.

Nas fitas de LED, vários LEDs são conectados em série e com pouca quantidade de energia conseguem emitir razoável brilho luminoso. Os LEDs funcionam exclusivamente com tensão e corrente contínuas, ou seja, baterias, pilhas e fontes de energia que não variam de polaridade. Essa é uma das características do LED, ele só consegue permitir a passagem de corrente em um sentido. No outro sentido a energia é “barrada”. Por isso é importante sempre ligar os LEDs com as polaridades certas, positivo com positivo e negativo com negativo.

Por que é necessário o uso de drivers?

A tensão que temos na nossa rede elétrica é alternada e não seria possível ligar os LEDs diretamente na tomada. É necessário então o uso de drivers, que conseguem transformar a energia alternada em contínua. Outra característica importante do LED é que ele consome pouca energia, então os drivers também são responsáveis por diminuir a tensão e corrente entregues aos LEDs.

Mas não é qualquer driver que pode ser ligado a qualquer fita de LED. Os drivers precisam ter as mesmas especificações de potência (watts), tensão (volts) e corrente (ampères) que as indicadas nas fitas de LED. O uso de drivers de especificações diferentes pode causar a queima ou o mal funcionamento da fita de LED.

Fitas LED Dimáveis?

As fitas de LED também podem ser utilizadas com drivers dimáveis.

Drivers normais permitem apenas acender e apagar as fitas de LED. Para ter o controle de brilho dos LED é necessário que os drivers e as fitas utilizadas sejam dimaveis. Portanto, quando for comprar um driver para uma fita de LED dimável, peça por um driver que possa ser controlado por dimer.

O controlo da intensidade do LED, com o driver dimável, pode ser feito através de um interruptor ou mesmo de um telemóvel, usando uma aplicação própria para o efeito, permitindo até conjugar o controlo com sensores de luz e/ou presença.

A acçao